sábado, junho 19, 2021

 




Hora de ensaiar os meus devaneios, olhar para o teto e tentar me reencontrar nas minhas próprias ilusões.

Frederico Elboni

Colcha de retalhos

Em minhas andanças pelos diversos blogs que visito, não posso deixar de perceber, que todos escrevem basicamente sobre as mesmas coisas. Amores, paixões, desilusões, fé, esperança, encontro e desencontros...
O que realmente me fascina nesse universo de blogueiros é que, apesar de se escrever sobre as mesmas coisas, cada um, escreve de maneira diferente, de uma forma particular. Seja por meio de poesia, de crônicas, manifestos ou simplesmente como soa o coração.
Vamos combinar que alguns têm mais jeito com as palavras do que outros sem dúvida, mas todos querem algo em comum, deixar falar o que sente o coração.
Comigo não poderia ser diferente. Também quero dizer o que se passa aqui dentro de mim. Na grande maioria das vezes, não consigo unir as palavras para dizer o que sinto. Então, encontro em outros textos (citando as fontes, claro) ,a tradução daquilo que sinto e transcrevo para o meu blog.
E assim, vou tecendo meu espaço, como uma colcha de retalhos. Pedaços de mim, pedaços de gente, de minhas histórias, de outras histórias, pedaços de sonhos, de sentimentos e emoções, pedaços do tempo que se foi e que ainda espero vir.
Enfim, Pedaços que juntos me fazem inteira.

sexta-feira, fevereiro 12, 2021

O Brasil precisa é de EDUCAÇÃO!!!

Por Ted Pontes

 

Todo mundo se pergunta o que falta ao Brasil. A resposta é muito simples: EDUCAÇÃO. Entretanto, não apenas uma educação puramente formal e técnica, mas sim uma educação social, política e ética. É esse tipo de educação que poderá melhorar o nosso país, dentro de algum tempo.

Um país que anseie crescer e se desenvolver necessita investir em educação, visto que um crescimento econômico sem o devido investimento em educação de nada adianta. Para provar o que estou dizendo, pegarei o exemplo do próprio Brasil. No Brasil há diversos de cargos vagos contudo, não existem pessoas capacitadas para ocupá-los. A VALE, uma empresa mineradora, importa mão-de-obra especializada, já que não a encontra em nosso país. Os tigres asiáticos são outros exemplos que provam a necessidade do investimento em educação. Esses países investiram muito dinheiro nessa área na década de 80 e hoje estão aproveitando o retorno que esse investimento lhes trouxe. Portanto o investimento maciço na educação é uma necessidade, porém o seu resultado só aparece depois de algum tempo, pois se trata de um investimento em longo prazo.

No Brasil existe uma clara distinção entre as escolas particulares e as escolas públicas. Esse nítido desnível só faz aumentar a já grande desigualdade social, visto que um nível educacional mais elevado lhe proporcionará mais oportunidades de emprego. Portanto, geralmente, quem terá acesso a essas oportunidades é quem já possui um nível financeiro para pagar uma escola particular... A escola paga tem um nível bem maior do que a pública e, ainda assim, ela deixa a desejar em uma educação que desenvolva o espírito de cidadania no jovem estudante. Logo, as escolas brasileiras se "esquecem" de ensinar o jovem a ser um adulto responsável... Esse "esquecimento" se deve ao fato de que no Brasil só é valorizado o lado técnico. O lado social da educação é, por muitas vezes, colocado em segundo plano. Infelizmente, isso acontece por causa do foco que as nossas escolas possuem no vestibular. Esse lado pode não ser importante para passar no vestibular, embora seja de absoluta necessidade para que ocorra uma transformação na maneira de se fazer política no Brasil.

A mentalidade com ênfase na técnica foi estimulada pela ditadura militar, pois era importante diminuir o espírito questionador da população. Essa falta de espírito questionador só foi se expressar de uma forma mais clara na nossa geração, e é por isso que vivemos nessa inércia política... Não vemos mais aquele clamor popular das Diretas ou do “fora Collor”. Atualmente, com raras exceções, não há qualquer passeata de protesto, embora motivos para que ocorram não faltem... O único meio de acabar com essa inércia é oferecer à população uma educação mais voltada para a formação crítica do cidadão.

Por qual motivo esse tipo de educação não é implantado no Brasil? A falta de ação do governo acontece por um conjunto de fatores, entre eles: corrupção e falta de vontade política. A corrupção drena uma boa parte dos recursos que iriam ser implantados na educação, porém o real motivo para que não aconteça essa revolução educacional é a falta de vontade dos políticos, já que uma população ignorante é bem mais fácil de ser dominada e manipulada.

Somente uma revolução no sistema educacional brasileiro fará com que o país se desenvolva de uma maneira sustentável e contínua. Além do desenvolvimento que trará, só essa revolução mudará a forma de se praticar política no Brasil, pois, como já foi dito em outro artigo, no Brasil existe "pouca política e muita politicagem", porém, se realmente acontecer uma melhora no sistema educacional do Brasil, isso irá mudar.

 

terça-feira, fevereiro 09, 2021

A MAIS PURA VERDADE...

À medida que envelheço e convivo com outras, valorizo mais ainda as mulheres que estão acima dos 30. Elas não se importam com o que você pensa, mas se dispõem de coração se você tiver a intenção de conversar. Se ela não quer assistir ao jogo de futebol na TV, não fica à sua volta resmungando, vai fazer alguma coisa que queira fazer...

E geralmente é alguma coisa bem mais interessante. Ela se conhece o suficiente para saber quem é, o que quer e quem quer. Elas não ficam com quem não confiam. Mulheres se tornam psicanalistas quando envelhecem.
Você nunca precisa confessar seus pecados... elas sempre sabem... Ficam lindas quando usam batom vermelho. O mesmo não acontece com mulheres mais jovens... Mulheres mais velhas são diretas e honestas.

Elas te dirão na cara se você for um idiota, caso esteja agindo como um!
Você nunca precisa se preocupar onde se encaixa na vida dela. Basta agir como homem e o resto deixe que ela faça... Sim, nós admiramos as mulheres com mais de 30 anos! Infelizmente isto não é recíproco, pois para cada mulher com mais de 30 anos, estonteante, bonita, bem apanhada e sexy, existe um careca, pançudo em bermudões amarelos bancando o bobo para uma garota de 19 anos...

Senhoras, eu peço desculpas! Para todos os homens que dizem: "Porque comprar a vaca, se você pode beber o leite de graça?", aqui está a novidade para vocês: Hoje em dia 80% das mulheres são contra o casamento e sabem por quê? "
Porque as mulheres perceberam que não vale a pena comprar um porco inteiro só para ter uma lingüiça!". Nada mais justo!


Arnaldo Jabor

sábado, fevereiro 06, 2021

Os bons são maioria...

 


Aqueles que desejam ver o mundo em pânico e se alimentam de notícias ruins - pois dizem que são essas que vendem - não podem mais controlar nossos sentimentos. Nós, como consumidores de notícias, de informações, devemos mostrar que desejamos também ver o lado bom do mundo, da vida, das pessoas. Se analisarmos qualquer noticiário, seja local ou nacional, iremos ainda perceber a grande dominação das notícias ruins, como se o mundo estivesse vivendo o caos absoluto.

 Não é bem assim. Muito de bom está sendo feito no mesmo instante em que ocorrem assassinatos, acidentes, crises políticas, etc. O bem está sendo construído no mundo, sim, mesmo os pessimistas e terroristas de plantão dizendo que não ou mesmo se negando a ver. O que acontece é quemuitas vezes, os bons ainda são tímidos e receosos. Isso os impede de se sobrepor aos maus bulhentos e arrojados.

 Allan Kardec, em O livro dos Espíritos, questiona, no item 932:

Por que, no mundo, os maus têm geralmente maior influência sobre os bons?

Eis a resposta que obteve dos Espíritos:

É pela fraqueza dos bons. Os maus são intrigantes e audaciosos, os bons são tímidos. Quando estes últimos quiserem, dominarão.

 Permaneçamos refletindo sobre esta última afirmação: Quando os bons quiserem, dominarão. Reflitamos qual nosso papel nesta mudança. O que posso fazer para ter parte nesta dominação pacífica e definitiva do bem na face da Terra. Permitamos que nossos gestos de amor ganhem o mundo e mostrem à sombra que seus dias de dominação estão contados.

 Raia o sol de uma Nova Era. O tempo do amor finalmente chegou...

 Façamos parte desta transformação de alegria que tomará conta do orbe. Amemos mais. Participemos mais. Sorriamos mais...hum rum !

 (Momento Espírita - citação: item 932 do Livro dos Espíritos - A.Kardec)



Liberdade: uma conquista da educação

 



A sonhada liberdade humana qualifica-se como uma conquista e não uma doação. É uma atitude que exige uma busca permanente. Busca permanente que só existe no ato responsável de quem a faz. Se a liberdade vem do próprio homem, e a educação é o caminho para alcançá-la, então ninguém tem liberdade para ser livre. Pelo contrário, devemos acreditar e buscar na conscientização o valor supremo de nossa existência. Porém, só atinge este grau de amadurecimento, quem possui uma consciência justa de cada ser humano. E para isso, mais uma vez, precisamos de uma educação que nos abra o caminho e nos mostre novos horizontes. Afirmamos que a educação é co-participante e co-responsável pelos rumos tomados pela humanidade. Ela é quem age sobre o homem fazendo com que o mesmo reflita sobre si e sobre seu papel cultural, enfim, sobre o meio em que vive. A educação pode ser definida como o processo em que o homem chega a ser homem. A finalidade da educação é desenvolver, em cada indivíduo, toda a perfeição de que ele seja capaz. Isso significa, deixar transparecer todo vigor enquanto ser perfeito que é. É evidente a grande e importante participação da educação no campo formativo do homem. Quando falamos em formação do homem, entendemo-na principalmente no sentido de restabelecer seus valores, fazendo com que o mesmo possa conscientizar-se de que a liberdade é uma questão de essência, e não é domínio de alguns apenas. Todo homem em sua essência é um ser livre. Assim, a educação deve servir de instrumento para o homem ser capaz de agir sobre o mundo e ao mesmo tempo ter clareza da ação exercida, para que tendo sido influenciado em sua natureza, não venha sofrer ele mesmo, qualquer conseqüência ou prejuízo. A educação e a liberdade são inseparáveis. Por um lado, porque a liberdade não é nenhuma coisa que é dada, mas uma conquista do homem ao longo de seu amadurecimento, de modo que ele vai descobrindo a liberdade como pertencente a seu ser. Por outro lado, a educação só é importante quando está voltada para liberdade do ser humano. Caso contrário, está não poderia ser considerada como educação, visto que sua prática seria de adestramento ou doutrinação. Deste modo, não deveria ser classificada como educação, ou como processo formativo do homem. Afinal, educar não é dirigir alguém para um determinado ponto, mas dar condições para que este alguém encontre e faça seu próprio caminho. Educar para a liberdade consiste em que cada um tenha a possibilidade de ver em cada homem não sua limitação, mas a realização da sua liberdade. A educação não pode ser separada da vida, nem é preparação para a vida, mas é a vida mesma. Assim, educar não é dirigir alguém para um determinado ponto que se escolheu, mas dar condições para que o outro se encontre e trilhe seu caminho. Aqui habita a grandeza da educação. Se o homem é realmente livre, nada deve impedi-lo de errar, assim como não podemos dar um limite final para a educação. O seu fim se dará no processo em que o homem chega a ser homem. Isto é, desenvolvendo em cada indivíduo aquilo que ele já é em potencial. A liberdade é necessária, gratuita e inocente. Necessária porque podemos escolher tudo, salvo o não escolher. Com efeito: "somos condenados a ser livres". Gratuita, porque não se dirige a valores preexistentes, mas cria os valores escolhendo-os. E finalmente, inocente, pois é escolhida livremente. Aqui está afixado o espírito da educação, o educar é seu dever e a liberdade é sua meta e objetivo.



Fonte: http://pt.shvoong.com/humanities/1632430-liberdade-uma-conquista-da-educa%C3%A7%C3%A3o/