11 de fevereiro de 2011


"Enquanto estiver vivo, sinta-se vivo.
Se sentir saudades do que fazia, volte a fazê-lo.
Não viva de fotografias amareladas...
Continue, quando todos esperam que desistas.
Não deixe que enferruje o ferro que existe em você.
Faça com que em vez de pena, tenham respeito por você.
Quando não conseguir correr através dos anos, trote.
Quando não conseguir trotar, caminhe.
Quando não conseguir caminhar, use uma bengala.
Mas nunca se detenha."



4 comentários:

  1. Malu,

    As palavras de Madre Teresa me calam tão fundo, que nem tenho o que comentar.
    Ela é pura LUZ. Porque luz, mesmo qdo se apaga, nunca deixa de brilhar.
    E ela ainda brilha, numa outra dimensão.
    Uma luz linda que existe no céu.

    Um abraço pra ti, obrigada pelo carinho,pelas palavras no meu blog.
    Sempre será bem vinda, sempre!


    Um beijooo!

    ResponderExcluir
  2. Que lindo!!!

    Mesmo mesmo!!!

    Foi uma deliciosa citação!

    ^_^•

    ResponderExcluir
  3. Nossa que post lindo!
    Muito motivador!
    Adorei!
    Beijos meus e um bom final de semana!

    ResponderExcluir
  4. Oi Malu...

    Primeiramente agradecendo ter me visitado e comentado sobre os meus 10 anos de sobriedade...
    Disse-o bem, só quem conviveu com o alcoolismo pode entender...Mas, é a vida, e ela segue, sem remoermos o passado, nem ficarmos olhando para as imagens amareladas como Madre Teresa citou...

    Aliás, sobre ela...nada a comentar...ela foi e será ÚNICA...

    Deus a abençoe ! Magnífico domingo em família...Bjos fraternos

    ResponderExcluir

Palavra puxa palavra, uma ideia traz outra, e assim se faz um livro, um governo, ou uma revolução, alguns dizem que assim é que a natureza compôs as suas espécies.

Machado Assis